Publicidades
Brasil

Covid-19: Rússia conclui testes da Vacina e quer começar fornecimento em agosto

A Rússia pode ser o primeiro país no mundo a distribuir, em massa, vacinas contra a Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.  O antídoto deve começar a ser distribuído em agosto, conforme informação divulgada nesta segunda-feira (13) pela agência de notícias do governo do país.

“A pesquisa foi concluída e provou que a vacina é segura”, disse Yelena Smolyarchuk, chefe do centro de pesquisas clínicas da Universidade Sechenov, à agência de notícias estatal TASS.  Rússia está à frente no processo porque seus testes clínicos começaram em junho, quando a Universidade Sechenov reuniu 38 voluntários remunerados, com idades entre 18 e 65 anos, para a pesquisa.

Apesar de eles ainda serem monitorados por seis meses, alguns receberão alta nesta quarta-feira (15), após 28 dias de isolamento, cuja intenção foi protegê-los de outras eventuais infecções.  Ministério da Saúde russo ainda realizará testes bioquímicos da vacina, mas espera finalizar o processo até setembro, mesmo mês para o qual Gintsburg prevê o início da produção em massa por laboratórios privados.

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar