WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe está aqui para responder às suas perguntas. Fale conosco!
Olá! Como podemos ajudar?
Cristã

“É preciso coragem para fazer perguntas sobre a fé”, afirma pastor

O jovem pastor australiano Dave Adamson afirma que para fortalecer o relacionamento com Deus é preciso entender a “fórmula” que Jesus usou com todos aqueles com quem ele encontrou em seu caminho, que é responder às perguntas que Ele fez.

Dave, que é casado e mora em Atlanta (EUA) com a esposa e três filhas, diz que nos quatro livros escritos sobre a vida de Jesus, foram feitas 183 perguntas para Ele, mas o próprio Cristo fez 307 perguntas a homens e mulheres com quem se relacionou, mostrando que Deus convida as pessoas ao diálogo, a questionamentos, a perguntas e respostas sobre a fé.

“Esta é realmente a fórmula que Jesus usou ao longo de sua vida. Jesus não é apenas a resposta… Ele também levanta questões”, explica Dave, que acredita que esse método de Jesus tinha como objetivo amadurecer a fé das pessoas.

Autor dos livros “Perseguindo a Luz” e “52 palavras hebraicas que todo cristão deve saber”, Dave ensina que “todos nós temos que lutar com a nossa fé, e procurar por respostas se quisermos amadurecer. Mas essas respostas devem ser corajosas e sobre perguntas difíceis”.

O pastor da North Point Ministries afirma que existe uma geração fragilizada na fé porque não questionou e não respondeu a perguntas que realmentem importam, sobre sua vida e sua fé.

“É preciso coragem para fazer perguntas sobre a fé. Há toda uma geração que foi ensinada pela igreja a não questionar a Bíblia. Como resultado, quando a fé não é forte, uma grande porcentagem dessa geração simplesmente se afasta da igreja pela falta de amadurecimento da fé”,O pastor embasa sua defesa na história de Jacó. “Há uma história na Bíblia de um homem chamado Jacó, que uma noite literalmente lutou com Deus. No final da luta, Deus decidiu mudar o nome de Jacó para Israel, que em hebraico significa “aquele que luta com Deus”’.

Dave diz que a história de Jacó é contada entre os antigos judeus mostrando que “Deus convida todos os seus seguidores para esta maravilhosa luta com Ele”.

Ele diz que o renomado teólogo judeu Abraham Joshua Heschel uma vez resumiu o poder encontrado na luta com Deus e nossa fé, quando ele disse: “Estamos mais perto de Deus quando estamos fazendo perguntas do que pensamos que temos as respostas”.

Dave diz que os cristãos adotaram a teologia do adesivo de “Deus diz, eu acredito, que resolve isso”, mas, segundo ele, isso não deixa espaço para perguntas. “Fazer perguntas é como aprendemos”.

“Confrontando nossas dúvidas é como crescemos. Quando usamos um ponto de interrogação, convidamos outras pessoas para uma conversa em que podemos ouvir novas ideias e obter novas perspectivas. É isso que Jesus faz quando usa pontos de interrogação em todos os evangelhos. Ele convida as pessoas para conversas, fazendo perguntas, discutindo suas dúvidas e aprofundando sua compreensão de Deus”, explicou.

Dave diz que usa esse método com suas três filhas, perguntando a elas sobre a igreja e a escola: “Vocês fizeram boas perguntas hoje?”.

Ele cita o teólogo Philip Yancey que diz: “A Bíblia inclui muitos exemplos de dúvidas. Evidentemente, Deus tem mais tolerância à dúvida do que a maioria das igrejas”.

Outro exemplo trazido por Dave sobre esse tema vem do pastor e autor Rick Warren, que afirma ser fácil assumir que os seguidores “maduros” de Jesus têm jornadas espirituais consistentes. “Pessoas inteligentes lhe darão respostas inteligentes, mas uma pessoa sensata fará perguntas inteligentes”.

Dave Adamson diz que o objetivo de Deus é ficar responder às nossas dúvidas: “E quando formos capazes de fazer perguntas a Ele, usaremos a escritura para iniciar conversas”.

Fonte: guiame.com

Comentários

Artigos relacionados

Fechar