Publicidades
Destaque

Governo vai decretar novo lockdwon no Piauí, caso Lei Seca não reduza casos de Covid-19

No Piauí já foram registrados 107.580 casos de infectados pelo novo coronavírus e 2.314 óbitos por Covid-19

Caso a Lei Seca, decretada na segunda-feira (19) não seja respeitada ou não funcione como deveria, o governador Wellington Dias poderá decretar novo lockdwon total no Piauí como forma de evitar a disseminação do novo coronavírus novas mortes pela Covid-19.

De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado nesta terça-feira (20), o estado já registrou 107.580 casos confirmados de infectados pelo novo coronavírus e 2.314 óbitos por Covid-19.

A decisão pela implantação da Lei Seca nos finais de semana foi tomada depois do estado apresentar crescimento no número de casos de infectados com o novo coronavírus e de mortes pela Covid-19, doença causada pelo vírus que gerou a maior pandemia da humanidade.

Lei Seca começa sexta-feira

A retomada da Lei Seca no Piauí começa nos dias 23 (sexta-feira), 24 (sábado) e domingo (25) e deve continuar nos finais das semanas seguintes. O governo vai esperar os resultados. Se os casos de Covid-19 não diminuírem, medidas mais duras serão adotadas. Um lockdwon geral poderá ser uma delas.

Na segunda-feira (19), ao anunciar a retomada da Lei Seca, o governador Wellington Dias disse o estado iria trabalhar com o apoio das polícias federal, estadual e até as guardas municipais para impedir as aglomerações causadas pelo consumo de bebidas alcoólicas sexta, sábado e domingo.

Em outra frente, o governador quer medidas para evitar as aglomerações que estão ocorrendo por causas da campanha eleitoral. Na semana passada, o Comitê de Operações Especiais (COE/Covid-19) apontou como possível causa do aumento de casos de Covid-19 no Piauí, nas últimas semanas, as aglomerações em campanhas políticas. O COE, então.

O COE, então decudiu por medidas que permitem ao Tribunal Regional Eleitoral tratar as eleições com maior segurança com os partidos/candidatos, com a suspensão, mesmo que temporária, de comícios, caminhadas, para coibir aglomerações.

Na verdade tem muita gente fazendo campanha sem seguir o mínimo exigido para que as pessoas não sejam contaminadas pelo novo coronavírus. Por isso as autoridades precisam coibir essas concentrações porque nelas podem estar ocorrendo muita transmissão do vírus da Covid-19.

Busca Ativa

O governador do Piauí também está apostando suas fichas contra a Covid-19 na ampliação do Programa Busca Ativa, que conta com as visitas dos profissionais nas casas das pessoas para identificar infectados pelo coronavírus e orientar sobre o tratamento adequado.

“A equipe de Parnaíba relatou que já localizou cerca de 1.500 pessoas nessa situação e o Busca Ativa salvou essas vidas. Isso é fundamental em todas as regiões do Piauí”, explicou Wellington Dias.

Fonte: Piauí Hoje

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar