Publicidades
Entretenimento

Mel Maia recebe ofensas após postar vídeo polêmico que ironiza assédio de mulheres

Mel Maia, 16, que ficou conhecida nacionalmente após viver Rita na novela “Avenida Brasil” (Globo), virou um dos assuntos mais comentados do Twitter na quarta-feira (25). Isso porque a atriz publicou um vídeo polêmico em que ironiza a questão do assédio sexual.

Na filmagem, que foi apagada após a repercussão negativa, Maia aparece usando uma calça de estampa militar e um casaco branco, com a seguinte legenda: “Como não ser assediada check”. Diversos internautas criticaram a atitude de atriz. ” Alguém avisa pra ela que mulher é assediada até usando burca”, comentou um usuário no Twitter.

Apesar de ter se defendido – ela disse que não passou de uma ironia -, a atriz continuou sendo alvo de ataque e ofensas por conta da publicação. Ela compartilhou em seus Stories alguns comentários que recebeu na direct do Instagram.

“Me responde, vagabunda, se mata”, dizia uma das mensagens enviadas para Mel Maia. Já outra afirmava: “Ué, mas tem que se matar mesmo”. Entretanto, algumas internautas também estão defendendo a atriz de apenas 16 anos.

“As mulheres atacando e xingando a Mel Maia de machista, claramente não entenderam nada de feminismo”, disse uma anônima. “Provavelmente ela postou isso porque já deve ter sido assediada também, então fez essa foto como uma ironia por conta das pessoas sempre acusarem as roupas das mulheres como forma de desculpa pelo erro do homem”, comentou outra.

Essa não foi a primeira vez que Mel Maia se envolveu em polêmica na internet. No início deste ano, a atriz postou um vídeo produzido no aplicativo Lomotif compilando vários clipes em que aparece mostrando selfies de looks do dia, rebolando e sensualizando.

Enquanto alguns a criticaram duramente, argumentando estarem preocupados com a hiperssexualização da adolescente, que poderia acabar em sites de pornografia infantil, outros não viram problema algum na postagem e reclamaram do excesso de militância nas redes sociais.

Maia ficou incomodada com os comentários e apagou o vídeo. Na época, ela também afirmou: “Não posso mais me amar que esse povo reclama, então vou deixar aqui uma foto qualquer pra registrar meus 16 anos.”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Folhapress

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo