Publicidades
Polícia

Polícia Federal faz operação contra fraudes a empréstimos em Teresina

A Polícia Federal deflagrou a segunda fase da operação “Margem Livre”, na manhã desta terça-feira, 25. O objetivo da operação é investigar empréstimos consignados junto à Caixa Econômica Federal, obtidos ilegalmente, com falsificação de documentos em nome de servidores públicos estaduais.

O nome da operação faz referência à margem consignável, ou margem livre, constante no contracheque dos servidores públicos e usada pelo grupo criminoso para a obtenção dos empréstimos fraudulentos.

Segundo a PF os investigados poderão responder pelos crimes de estelionato qualificado (art. 171, §3º, CP), falsificação e uso de documentos público e privado (arts. 298, 299 e 304, CP) e associação criminosa (art. 288, CP), cujo somatório de penas pode alcançar 19 anos de reclusão.

Operação

 

 

 

 

 

 

Com informações do Portal Viagora

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar