Quem foi Olga Benário?

199

Olga Benário se tornou mundialmente conhecida por sua atuação comunista na Alemanha e aqui no Brasil.

Desde os 15 anos, Olga aderiu ao comunismo com outros jovens, formando a Juventude Comunista. Aos 16 anos, foi morar com seu namorado, Otto Braun, em Berlim.

Em 1926, Olga foi presa, permanecendo na prisão de outubro a dezembro do mesmo ano, sem nada falar sobre Otto, que foi acusado de traição à pátria.

Em 1928, Olga planejou um ataque a prisão Moabit, onde Otto estava preso, tornando-se uma das pessoas mais procuradas da Alemanha.

Fugiu para a União Soviética unindo-se ao Partido Comunista da União Soviética, uma vez que recebeu a missão de garantir a segurança de Luíz Carlos Prestes até o Brasil. Durante a viagem, os dois fingiram ser marido e mulher para não haver suspeitas. Diante do contato que os dois tiveram, acabaram se apaixonando e tornaram-se literalmente marido e mulher.

Com o objetivo de derrubar o governo de Vargas, Prestes estava à frente da Aliança Nacional Libertadora (ANL). Em  novembro de 1935, Prestes organizou a Intentona Comunista mas foram reprimidos e os dois foram presos.

Já na prisão, Olga descobriu que estava grávida de Prestes e anunciou a gravidez. Com sete meses de gravidez, ela foi  entregue a Alemanha Nazista, pois além de Comunista, era uma judia.

Olga teve sua filha na prisão e só pôde ficar com ela até os 14 meses de idade. Anita Leocádia Prestes, sua filha, conseguiu ficar com a avó paterna e a tia.

Em 23 de abril de 1942, Olga foi morta em uma câmara de gás em Berneburg.

Comentários