Publicidades
Geral

Turista chilena é rendida com facão, tenta reagir com arma de choque, mas é estuprada no Piauí

Uma turista chilena, de 42 anos, foi ameaçada com um facão e estuprada na BR 402, entre os municípios de Cajueiro da Praia e Luís Correia, Litoral do Piauí. De acordo com a Polícia Civil, a mulher estava pedalando na rodovia quando foi interceptada pelo agressor, tentou reagir com uma arma de choque, mas o aparelho não funcionou.

O crime aconteceu na manhã do sábado, 19. Segundo o delegado Maikon Kaestner, o homem agarrou o guidom da bicicleta, mandou a vítima entrar no mato e obrigou que ela tirasse a roupa sob ameaças de morte.

“Ela estava com a máquina de choque, tentou dar o choque nele, mas não funcionou. Ela ofereceu dinheiro e o celular. Ele disse que não queria nada disso, mandou ela tirar a roupa e praticou o ato”, relatou o delegado.

Após o crime, a vítima conseguiu fugir e procurou ajuda. Com base na descrição que a turista fez do agressor, a Companhia Independente de Policiamento de Turismo (CIPTUR) chegou até um suspeito de 33 anos.

“Mostramos uma foto dele para ela e ela reconheceu. Ele foi conduzido para a Central de Flagrantes de Parnaíba, onde foi autuado por estupro”, informou o major Danilo Palhano, comandante da CIPTUR.

prisão em flagrante foi convertida para preventiva no domingo (20) e o juiz Carlos Augusto Arantes Júnior determinou que o homem fosse encaminhado para a Penitenciária Mista de Parnaíba.

“As circunstâncias em que os fatos ocorreram denotam uma situação de extrema frieza e perigo ao ponto de causar intranquilidade na paz social”, declarou o magistrado na decisão.

Conforme o delegado, o suspeito já foi condenado por estupro, cumpriu pena e estava em liberdade há pouco tempo. Após a prisão no sábado, 19, o homem disse que só se manifestará em juízo.

Fonte: G1 PI

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar