Publicidades
Entretenimento

Youtubers no BBB20: entenda o novo motivo de polêmica do reality

Desde a divulgação da notícia de que a Rede Globo procurava youtuber e influenciadores de “primeiro escalão” para o Big Brother Brasil 20, as redes sociais foram dominadas por críticas e, principalmente, negações.

Felipe Castanhari, rapidamente, disse que declinou “educadamente” do convite. Em seguida, Carlinhos Maia falou ter sido procurado. Felipe Neto foi ao Twitter explicar o porquê de nenhum youtuber de sucesso topar a empreitada: em três meses, eles faturam mais de R$ 1,5 milhão – prêmio tradicionalmente oferecido pela atração.

Boninho, diretor do Big Brother Brasil, ironizou as manifestações do YouTube. “Eu não fui convidado pro BBB20, mas vou dizer pra todo mundo que sim!!! Onde tem fumaça, não tem fogo!”, escreveu em sua conta do Instagram.

É difícil dizer quem está mentindo nesta história: seria Boninho ou os youtubers? Esta pergunta será respondida até janeiro, quando são anunciados os participantes do reality show. Porém, uma coisa é fato: há algo de novo no mais tradicional reality show do Brasil.

Programas como A Fazenda e o De Férias com Ex, da MTV, conseguiram destaque nos últimos anos trazendo figuras da internet para o casting. O sucesso virtual ajuda a impulsionar a audiência, dado que os seguidores se engajam no programa. A receita parece ser atraente para o BBB, que precisa de uma renovação nos quadros.

A “polêmica youtubers” também traz uma novidade à “nave mãe”: a especulação dos nomes. Como sempre eram anônimos a entrar na casa, o BBB não vivenciava os burburinho em torno de quem seriam os escolhidos. Muito raramente, faltando dias para atração, um nome ou outro chegava ao conhecimento do público.

O embate entre BBB e youtubers pode terminar em casamento. Mas, até isso se confirmar, é fato que a edição 2020 começou mais cedo, em novembro de 2019: o reality já entrou nas discussões!

 

 

 

 

 

 

Fonte: 180 Graus com informações do Metrópoles

Comentários

Artigos relacionados

Fechar