Publicidades
InternacionalManchete

Advogado participa de julgamento por vídeo usando filtro de gatinho

Casos como esse vêm acontecendo com frequência desde o início da pandemia, quando os aplicativos de vídeo se tornaram mais populares.

“Eu estou aqui ao vivo. Eu não sou um gato”. Essa fala é de um advogado que, ao participar de um julgamento pela plataforma de chamadas por vídeo Zoom, acabou deixando o filtro de gato ativado. O caso aconteceu no Tribunal Distrital Judicial de Brewster, nos Estados Unidos.

Casos como esse vêm acontecendo com frequência desde o início da pandemia, quando os aplicativos de vídeo se tornaram mais populares. Muitos usuários acabaram se atrapalhando ao usar as funções de filtros destes aplicativos e geraram uma enxurrada de memes.

No vídeo, divulgado nesta terça-feira, 09, o juiz alertou o colega. “Eu acredito que você está com um filtro ligado nas configurações…”, disse. Em resposta, advogado disse: “Eu não sei como remover. Meu assistente está tentando”

Confira a seguir como usar (ou não) os filtros dos aplicativos de vídeochamada.

Filtros

A primeira dica para não passar por nenhuma situação constrangedora é sempre conferir sua imagem antes de entrar oficialmente na chamada para garantir que nenhum filtro está ligado. Se ele estiver ligado e você quiser desligar, o caminho é simples:

No canto inferior esquerdo da sua tela há o símbolo de uma câmera e, ao lado dela, há uma setinha que, ao ser clicada, aparecerá a opção “Choose Filter Video”. Veja imagem a baixo:

Advogado participa de julgamento por vídeo usando filtro de gatinho 2

Então, basta você rolar as opções até chegar na que vai estar escrito “none”, ela limpará a sua tela, deixando apenas a imagem capturada pela sua webcam.

Durante a chamada também é possível fazer as mudanças de filtro do mesmo jeito. Assim, caso entre de “gatinho” por engano, é só mudar a configuração.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: G1

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar