Publicidades
Politica

Aliado de Ciro Nogueira confessa ser ladrão em convenção no município de Cocal

O ex-prefeito de Cocal, José Maria Monção, sofre de sincericídio. No domingo, 06, durante convenção partidária do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), ele confessou ser desonesto e ter se apropriado de dinheiro público nas três vezes que foi prefeito daquele município.

Numa aliança com o Progressista, do senador Ciro Nogueira, o MDB oficializou a candidatura do médico Cristiano Brito para prefeito de Cocal.

Em apoio a candidatura de Cristiano, Monção fez um discurso para atacar o atual prefeito. O ex-prefeito disse que tinha de ser sincero e, em seguida, confesso ter sido desonesto.

“Eu fui prefeito três vezes, mas não roubei o tanto que esse aí roubou, não! Esse aí é descarado [ …] se eu não tivesse feito nada errado eu não tinha sido preso. Se eu fui preso, né?…”disse José Maria Monção no discurso.

Os presentes ao evento acharam engraçado a confissão de desvio de recursos públicos e, como se esse crime fosse normal pra eles, caíram na gargalhada, inclusive o senador Ciro Nogueira (PP), que estava na mesa de honra junto com o prefeito de Teresina, Firmino Filho.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Piauí Hoje

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar