Publicidades
DestaqueEntretenimento

Anitta nega que raspou o cabelo e fala sobre candomblé

Anitta negou que raspou o cabelo em stories publicados no Instagram na tarde desta terça-feira, 10. A cantora, que segue o candomblé, afirmou: “Eu não brinco com doença. Não tenho vergonha nenhuma da minha religião”.

“Meus amigos e pessoas da minha equipe estão recebendo várias mensagens falando que eu estava usando lace – mais conhecido como peruca – porque eu ‘raspei o meu cabelo para o santo’ e ‘menti sobre a minha doença’”, contou.

Anitta fez referência a um período em que ficou “15 dias sem aparecer” por conta de uma intoxicação alimentar.

“Primeiro de tudo: falo abertamente qual é a minha religião, o candomblé. Segundo, já falei mil vezes, em vários lugares, que eu sou ekedi. Se você ‘dar um Google’, ‘o que é ekedi’, vai descobrir que é uma pessoa que sim, fez o santo, mas é uma categoria que não precisa raspar a cabeça e nunca precisará”, continuou.

Anitta ainda mostrou-se chateada e revoltada com comentários que chegou a ler que ligavam sua imagem a “rituais satânicos” e afirmando que ela estaria “inventando doença”.

A cantora ressaltou que trata-se da religião de boa parte de sua família: “Fui introduzida através do meu pai, que foi introduzido pela família dele, que tem toda a descendência, a origem, africana”.

“Na época do Bolsonaro, das eleições, todo mundo [reclamou]: ‘demorou para se posicionar’. Quantas vezes eu falei que estava num retiro espiritual? Eu estava fazendo meu santo. E não são 15 dias que você desaparece, é mais do que isso”, disse.

A assessoria da cantora divulgou um comunicado afirmando que “não é verdadeira” a informação de que “Anitta raspou seu cabelo para cumprir compromissos religiosos”. “Anitta repudia qualquer tipo de intolerância religiosa”, continua a nota.

 

Fonte:  Isto É

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar