Publicidades
Saúde

Anvisa diz que remédio para enjoo pode causar males na gravidez: e agora?

A ondansetrona, componente de remédios como o Vonau, aumentaria a incidência de malformações e problemas cardíacos em fetos. Veja o que dizem os experts

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu um alerta sobre o risco de malformações congênitas relacionadas à ondansetrona, componente usado em remédios como o Vonau, voltados inclusive para enjoos intensos durante a gestação. Enquanto investiga o assunto, a entidade recomenda cautela na prescrição durante o período de gravidez.

No entanto, para especialistas brasileiros, a decisão pode ser precoce. Explicamos: a orientação foi baseada em alguns poucos estudos, em especial um conduzido pela Universidade Harvard, nos Estados Unidos, e publicado em dezembro de 2018 no periódico cientfífico Journal of the American Medical (JAMA).

A investigação comparou mais de 88 mil gestantes expostas à ondansetrona no primeiro trimestre com cerca de 1,7 milhão de grávidas que não a utilizaram. No fim das contas, a incidência de problemas cardíacos ou malformações congênitas em geral nos filhos foi similar entre as duas turmas.

No levantamento, o único efeito observado foi um aumento no risco de defeitos na região bucal dos bebês. Ainda assim, no grupo que tomou a droga, foram contabilizados 14 casos do tipo para cada 10 mil nascimentos, ante 11 no que não a recebeu. Ou seja, três episódios adicionais a cada 10 mil partos.

 

 

 

 

Fonte: Saúde

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar