Publicidades
Entretenimento

Ator Léo Rosa morre aos 37 anos após luta contra o câncer

Morreu, aos 37 anos, o ator Léo Rosa, nesta terça-feira (9) no Rio de Janeiro, após lutar quase três anos contra um câncer. A notícia foi divulgada em primeira mão pelo colunista Fefito e confirmada para a revista Quem por meio do amigo e ator Daniel Ávila.

“Era meu melhor amigo. Moramos juntos até setembro do ano passado e fomos juntos pra Tijuana fazer a terapia Gerson. A gente se encontrou tem duas semanas e foi maravilhoso. Ele é um menino lindo. Vou sentir saudade”, disse o ator.

Léo, que seu último trabalho na TV foi em Amor de Mãe, na pele de um repórter, estava em tratamento de um câncer, que surgiu nos testículos e evoluiu para uma metástase. O ator realizou quase 30 sessões de quimioterapia, mas depois resolveu investir em tratamentos alternativos. O último post dele em sua rede social foi há sete dias, em que comemorava a volta da novela na programação da Globo. “Novela (aula) da com equipe e elenco espetaculares. Ah! E é meu trabalho mais recente na TV também, aquela participação mais do que especial no meu peito”, declarou ele.

Já a útima foto publicada foi de Léo deitado na rede, em que citava mais uma sessão de quimioterapia. “Mais uma etapa. Obrigado por todo apoio, amor, dedicação e entrega dos meus familiares e amigos. Vocês são inacreditáveis!”, disse.

Ator Léo Rosa morre aos 37 anos após luta contra o câncer 2

Em conversa com a Quem em fevereiro de 2020 em um camarote na Marquês de Sapucaí, nos desfiles das escolas de samba do Rio, Léo chegou a dizer que estava muito melhor . “Há 2 anos assisti aos desfiles das escolas de samba do Rio deitado na maca do hospital, em Porto Alegre, fazendo quimioterapia. Muito debilitado. Hoje vi ao vivo. […] Me senti forte e pronto para continuar os estudos vendo todo mundo junto! Noite de muito amor. Comida é remédio, mesmo. Sigo o estudo! Muita saúde e oportunidades a todas e todos e todes! Autocuidado é tudo!”, declarou ele na ocasião.

Amigos famosos lamentam

Amigos famosos de Léo Rosa usaram suas redes sociais para lamentar a morte do ator. Renato Góes foi um dos primeiros a se manifestar. “Te amo. Só queria ter dado um abraço. Descansa guerreiro. Corre feito água”, declarou o ator.  Maria Ribeiro também o homenageou. “Leo Rosa, guerreiro, poeta, gremista, ator e peladeiro. Muitos vivas à sua passagem corajosa por aqui, parceiro”, disse ela.

A cantora Maria Gadu compartilhou uma foto de uma lua com a frase: “para além das ideias de certo e errado existe um campo. Eu me encontrarei com você lá”. O ator Emilio Orciollo Netto elogiou sua bravura. “Meu amigo poeta, guerreiro , ator, diretor, ser humano fantástico. Te amo Léo. Vc lutou bravamente. Descanse em paz e obrigado por tudo.”

Ator Léo Rosa morre aos 37 anos após luta contra o câncer 3

“O Léo foi o primeiro a me chamar pra um ritual de ayahuasca. Fizemos um filme juntos em Brasília e, com ele, no hotel, chorei todas as dores e faltas que nunca tinha chorado do lado de alguém. A gente tinha resolvido escrever aquele dia e com ele também caminhei bebendo uma cerveja até a Esplanada, e lá eu fiquei muito apertada e fiz xixi no gramado com vista pro Congresso. Me achei muito transgressora no auge dos meus 20 anos. Ele me apresentou Léo Cavalcanti, ‘Inalcançável Você’, e parece que naquela época tudo fez sentido, eu tinha um ‘você’ pra chamar de ‘inalcançável’ e também por isso chorei mais um pouco. ‘Machucou bimbim’ era hit na época – lembra do dia que você se jogou do monte rolando, Léo? A sensação era que a gente não ia conseguir parar de rir nunca mais. Eu lembro bem”, relembrou.

Ator Léo Rosa morre aos 37 anos após luta contra o câncer 4

“Agora o que me toma é uma tristeza enorme da gente não poder mais rir dessa juventude juntos quando se encontrar, de você falar dos seus projetos com toda intensidade que te cabe. Mas eu me sinto grata por ter te conhecido, meu amigo, e ter visto fogos de artifício no privilégio da tua companhia, dançando no barco e dizendo ‘eu vim lá de Cachoeirinha!’. Eu ia fazer um vídeo pra você há 3 dias atrás, mas no meio do turbilhão de coisas eu deixei pra depois. e agora não dá mais. Eu tô muito triste. mas tô muito grata, Léo. tô grata por toda luz e ensinamento que você deixa nesse mundo tão difícil. Boa viagem. Celebro tua existência e tua bravura, hoje e sempre. Tu é guerreiro, Léo. todo meu amor. Boa viagem.”

Otimista após primeira fase do tratamento

Em 2018, Léo conversou com a revista Quem otimista após ter alta da primeira fase do tratamento. Ele fez questão de dizer que esteve muito bem amparado nos momentos de fraqueza. “Quando descobri o câncer, comecei o tratamento de imediato e fiz uma cirurgia. Depois de um ano, está acabando e queria aqui abertamente fazer um agradecimento muito especial a toda equipe do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, que foi onde eu fiz todo o meu tratamento. Minha mãe, minha madrinha, os meus irmãos e os meus grandes amigos me deram muita força. Descobri nesse processo que tenho pessoas que eu posso contar de olhos fechados”, comemorou.

Ator Léo Rosa morre aos 37 anos após luta contra o câncer 5

Vaquinha para tratamento

Léo decidiu investir em tratamentos alternativos para a cura do câncer. Mas também não abandonou a medicina tradicional e até fez uma ‘vaquinha’ online, em que pedia ajuda para custear os procedimentos que seriam realizados no México. “Há 2 anos enfrento um câncer. Depois de 29 sessões de quimioterapia, 2 cirurgias e um possível encaminhamento para o transplante de medula óssea, descobrimos através de exames recentes, que a químio não estava mais fazendo efeito. O tumor segue crescendo… Começa então uma corrida contra o tempo! venha fazer parte da corrente”, dizia a campanha, que pedia R$ 140 mil.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Meio Norte

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo