Polícia

Bandido morto após roubo ao McDonald’s trabalhava no Metrô de Teresina

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O delegado Francisco Costa, o Barêtta, coordenador do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), disse em entrevista ao GP1 nesta quarta-feira (13), que o criminoso morto após assalto ao McDonald’s, na zona leste de Teresina, era funcionário comissionado do metrô de Teresina. Ele foi identificado como Alípio Moreira de Sousa Neto, 23 anos.

De acordo com o delegado o suspeito exercia a função de supervisor da Companhia Metropolitana de Transporte Público de Teresina “Ele foi admitido em 2016 e tinha vencimento de quase R$ 2 mil, ele atuava ainda na função”, afirmou.

Ainda segundo Barêtta, Alípio já respondia a processos criminais. “Ele respondia por roubo e falsificação de documentos. Sobre uma possível tentativa de homicídio que ele teria sofrido, ainda não podemos confirmar”, informou.

O coordenador do DHPP ainda disse que o departamento está investigando o assassinato do suspeito. “Houve uma intervenção policial com o resultado morte e nós temos que apurar. Para legitimar ou não a ação dos policiais, contudo pelo que me foi repassado os policiais agiram no estrito cumprimento do dever legal e em legítima defesa. O 12º DP que vai investigar a dinâmica do roubo, mas pelo que levantamos, acreditamos que foi parada dada”, finalizou Barêtta.

Fonte: GP1

Comentários
Mostrar mais

Artigos relacionados

Fechar