WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe está aqui para responder às suas perguntas. Fale conosco!
Olá! Como podemos ajudar?
Publicidades
Regional

Comandante da PM de Picos alerta para novo golpe aplicado na região

O comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar de Picos, o tenente coronel Edwaldo Viana, informou que na região de Picos está sendo aplicado um novo golpe, desta vez, por meio virtual.

De acordo com o tenente coronel, vários relatos de clonagem do aplicativo WhatsApp, já chegaram até ele. Viana conta que o aplicativo é rackeado e o golpista consegue passar por um conhecido da vítima e pede depósito de dinheiro com urgência, pensando ser alguém da família, a pessoa acaba depositado a quantia solicitada sem verificar as informações.

“Este crime que está acontecendo, não só em Picos, mas em todo o Brasil, ele não escolhe por região, escolhe por telefone de forma aleatória, mas está tão difundida no Brasil que várias pessoas aqui em Picos já foram vítimas. Eles clonam seu whatsapp, é como se ele estivesse usando seu whatsapp, e tem acesso a tudo do seu whatsapp. A partir do momento que foi clonado, ele tem acesso a tudo, a conversas, fotos […]. Eles mandam mensagem para um parente, dizendo que você está pedindo dinheiro emprestado, está com caso de doença e dá uma conta, a pessoa não verifica a conta, não se certifica, não liga para a pessoa para saber, então de imediato, ela deposita naquela conta”, explicou.

Viana acrescentou que após o depósito ser feito, fica mais difícil reaver o dinheiro e indica às pessoas que já foram vítimas deste golpe procurar a polícia civil para relatar a ocorrência.

O comandante falou também que, provavelmente, nenhuma das vítimas em Picos registrou boletim de ocorrência, ele conta que há um constrangimento por parte da vítima. “Eu não fiquei sabendo sobre denúncia B. O., acho que muitas vítimas ficam com vergonha e não fazem o B.O. E não fazendo a denúncia, facilita para que o crime se propague”.

Em um dos relatos que o comandante da PM de Picos recebeu, um homem chegou a depositar três mil reais e outra vítima perdeu 700 reais. Segundo Viana, quatro pessoas já caíram na ação criminosa em Picos.

 

 

 

Fonte: Grande Picos

Comentários

Artigos relacionados

Fechar