Publicidades
GeralManchete

Confira sete temas que podem cair na redação do Enem

A pandemia do novo coronavírus é uma das principais apostas entre professores e estudantes para o tema da redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), que está programado para acontecer nos dias 17 e 24 de janeiro (versão impressa).

A nota do texto, que vai de zero a 1.000, é fundamental para aqueles que buscam no exame uma porta de entrada para universidades públicas e privadas de todo o país. Para auxiliar os candidatos, o R7 reuniu sete apostas da professora de língua portuguesa e produção textual Tatiana Nunes Camara.

Confira a lista completa! 

Necessidade de uma política de vacinação em todo território brasileiro

Para a professora Tatiana Nunes Camara, a pandemia do novo coronavírus colocou em evidência o assunto ao longo do último ano. “A necessidade de um olhar focado na sociedade como um todo e de como atitudes contrárias à vacinação podem prejudicar a sociedade de um modo geral”, completou.

Os desafios para a doação de órgãos no Brasil

De acordo com dados da Associação Brasileira de Transplantes de órgãos, há cerca de 45 mil pessoas na fila por um órgão no País. ‘É um tema que traz à baila questões relacionadas à empatia, à solidariedade e o amor ao próximo”.

As dificuldades de se implantar o ensino híbrido no Brasil

A pandemia também evidenciou um outro problema histórico no Brasil: a desigualdade social. Com a necessidade de isolamento social, milhões de estudantes foram obrigados a acompanhar as aulas por meio de computadores, celulares e tablets. No entanto, nem todo mundo estava preparado para a mudança.

“A pandemia serviu, dentre outros aspectos, para sinalizar a dificuldade que o Brasil terá para colocar em prática o ensino híbrido. Tais questões vão desde a desigualdade social, que faz com que boa parte da população não tenha acesso à internet paga, passando pelo problema das conexões instáveis e chegando à questão da falta de preparo dos profissionais ligados”, explicada a professora.

A necessidade da implantação da disciplina de Educação Financeira nos currículos escolares do Brasil

“Seria importante que as escolas trabalhassem Educação Financeira, conforme preconiza a Base Nacional Comum, como tema transversal, que deverá constar nos currículos escolares, a fim de preparar crianças e jovens para lidar com dinheiro e a ter limites de gastos”, justifica a educadora Tatiana Nunes Camara.

A importância da inclusão dos autistas na sociedade brasileira

A lei que instituiu a criação da Ciptea (Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista) colocou o assunto ainda mais em evidência no ano passado. “A ideia de inclusão está bastante presente nesse tema, em virtude do preconceito que insiste em permanecer na postura de muitas pessoas quando se fala no autista convivendo na sociedade”, completou.

A violência contra os idosos no Brasil

Em 2020, a violência contra os idosos apresentou crescimento no Brasil. De acordo com informações do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, em abril, foram registradas 17 mil denúncias.

Os desafios para a adoção no Brasil

“A questão da adoção no Brasil ainda é um tema delicado porque, apesar de as leis brasileiras estarem mais flexíveis em determinados aspectos, ainda se observam alguns entraves, sem falar na própria postura dos adotantes que, muitas vezes, têm um nível de exigência de perfil de adotado bastante excludente, o que dificulta ainda mais o processo e o torna mais moroso”, acredita a professora Colégio Mopi, no Rio de Janeiro.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: R7

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar