Publicidades
Saúde

Covid-19: vacina criada por empresário bilionário será testada nos EUA

Patrick Soon-Shiong, responsável por uma droga eficaz contra o câncer, teve seu projeto aprovado para testes em macacos

A corrida por uma vacina para a Covid-19 continua em todo o mundo. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma operação chamada Warp Seed tem como objetivo diminuir o tempo para desenvolvimento de imunização. E, ao que parece, o número de projetos que devem ser testados pela iniciativa acaba de ganhar mais um integrante.

Em um comunicado enviado à imprensa, o cientista e empresário Patrick Soon-Shiong anunciou que uma vacina experimental em desenvolvimento por duas de suas empresas está na lista de 14 candidatas que serão avaliadas pela operação do governo norte-americano.

Soon-Shiong é um membro notável da comunidade científica por ser o responsável pela criação da droga Abraxane, que ficou famosa por ser eficaz contra o câncer de pulmão, mama e pâncreas.

Embora o Departamento de Saúde e Serviços Humanos (HHS) tenha anunciado oficialmente apoio financeiro para cinco outros candidatos a vacinas, não houve menção ao projeto de Soon-Shiong. O empresário reconhece que não foi informado sobre qualquer ajuda monetária até o momento, mas diz que a Warp Speed está organizando testes em macacos de sua vacina em um laboratório federal.

Projetos em desenvolvimento

Há uma tabela de vacinas da Covid-19 atualizada regularmente pela Organização Mundial da Saúde (OMS). De acordo com o documento, existem 125 projetos em desenvolvimento. No entanto, a candidata do empresário não está entre as citadas. “Temos sido furtivos”, diz Soon-Shiong para justificar sua ausência na lista.

O cientista garante que, depois de uma apresentação via Zoom para o HHS em 9 de abril, foram convidados a enviar uma proposta completa da vacina que estão produzindo, além de receberem a garantia de que o projeto seria avaliado em estudos envolvendo macacos.

Ele ainda disse que gosta da ideia de participar de um comparativo mais detalhado e que deseja o apoio do governo para ajudar a produzir mais de um bilhão de doses de vacina até o fim de 2021.

Composição da vacina

Covid-19: vacina criada por empresário bilionário será testada nos EUA 2
Segundo o empresário, a vacina será testada em macacos pela HHS. Foto: kirisa99

 

Assim como outros três candidatos da lista da OMS, a ideia de imunização das empresas usa um adenovírus designado Ad5, que consegue desencadear a produção de anticorpos contra o vírus e potencialmente outras repostas imunes.

Uma desvantagem do Ad5 como vetor de vacina é que ele já se espalhou amplamente por muitas populações. Se as pessoas tiverem imunidade, o corpo pode eliminá-lo antes mesmo que tenha chance de ajudar na produção dos anticorpos.

Para resolver o problema, uma subsidiária da ImmunityBio modificou as propriedades do Ad5 para excluir alguns genes comuns na tentativa de torná-lo menos visível para o sistema imunológico.

Preocupações

Alguns pesquisadores são receosos quanto ao uso do vetor Ad5. Isso porque um projeto de vacina contra o HIV feito em 2007 falhou após o uso do componente. Pessoas que injetaram a solução com o composto se infectaram mais do que os indivíduos que receberam injeções de placebo.

Acredita-se que o Ad5 tenha levado a um aumento na presença das células T CD4, o alvo favorito do HIV. Essa resposta pode indicar que uma vacina que use o vetor possa aumentar o risco de infecção pelo vírus da imunodeficiência humana. No entanto, Soon-Shiong diz que a versão modificada usada em seu projeto não causará esse problema, embora não tenham publicado evidências para apoiar a afirmação.

Via: Science Mag

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar