Publicidades
Geral

Eleitor é investigado após falsificar documento para transferência de título no Piauí

O Ministério Público do Piauí através da promotoria de justiça de Corrente, no Sul do estado, instaurou procedimento de investigação criminal eleitoral para apurar a denúncia de ilegalidade na transferência de um eleitor.

A notícia de fato dava conta que o eleitor Adriano Ferreira Sousa teria falsificado e feito uso de documento particular para fins eleitorais, pois apresentou como comprovante de residência para transferência de seu título eleitoral a fatura de energia em seu nome, do mês de abril de 2020.

Mas a Equatorial Piauí informou que referida unidade está registrada no nome de outra pessoa.

A promotora Gilvânia Alves Viana determinou uma série de diligências para apuração do caso.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: 180 Graus

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar