Publicidades
DestaqueMancheteNoticiasOeiras

Em greve, professores fazem ato em Oeiras e pressionam por reajuste

Na manhã desta sexta-feira, 04, dezenas de professores da rede estadual de ensino realizam uma manifestação em favor da greve da categoria, em Oeiras. No ato, organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica Pública do Estado do Piauí (Sinte-PI), os servidores percorrem ruas do centro da cidade com faixas e gritando palavras de ordem.

DSCF7083 (Cópia)

Em Oeiras, todas as escolas da rede estadual estão com atividades paralisadas. Durante a manifestação, uma carta, contendo as principais reivindicações da categoria, foi distribuída à população.

“Nossa luta não é só por salário, mas também por escolas estruturadas, contratação de professores efetivos, pelo não fechamento de escolas públicas e por melhores condições de aprendizado e qualidade educacional para nossos alunos”, diz trecho da carta, assinada pela diretoria do Sinte-PI.

Em greve há mais de duas semanas, os professores reivindicam o pagamento integral do piso salarial da categoria. Na última quarta-feira, 2, o desembargador Francisco Antônio Paes Landim, do Tribunal de Justiça do Piauí, decretou parcialmente ilegal a greve dos professores da rede estadual de ensino e ordenou que 70% dos trabalhadores voltem à sala de aula para não prejudicar o ano letivo.

No início desta semana, para dar fim à greve, o governador Wellington Dias propôs o pagamento do reajuste de 11,36% em duas parcelas. A proposta, no entanto, foi rejeitada pelos professores grevistas.

Da redação | Portal Integração

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo