Publicidades
Polícia

Facção corta cabelo de adolescente com faca antes de matá-la a tiros

A adolescente Luana de Almeida Nascimento, de 15 anos, foi assassinada com três tiros na noite dessa segunda-feira, 28,  no Residencial Orgulho do Madeira, em Porto Velho/RO. A jovem teve o cabelo cortado com uma faca, antes do crime, por uma facção criminosa, segundo a polícia.

Conforme um policial do Serviço de Investigação e Captura (Sevic), um grupo, com homens e mulheres, torturou Luana antes de matá-la. “Se trata de uma rixa entre facções”.

Um projétil, aparentando ser de calibre .38, estava próximo ao corpo e foi levado pelo perito.

O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios de Porto Velho. Até o momento, ninguém foi preso.

Antes do corpo de Luana ser encontrado, a polícia recebeu uma denúncia de que integrantes da facção criminosa Comando Vermelho estavam torturando uma mulher, que seria de uma facção rival Primeiro Comando do Panda (PCP). No entanto, nada foi encontrado pelos agentes no local informado via denúncia,  conforme investigações.

Jovem é morta a tiros em residencial de Porto Velho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: G1 RO

 

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar