Governo do Piauí patrocinará evento que irá trazer cantor travesti que chamou Jesus de bicha

Um das maiores festas do público LGBT no Piauí está se aproximando e o Governo do Estado do Piauí, através da Secretaria de Estado da Cultura, está patrocinando a 17ª Parada da Diversidade. O evento será realizado no dia 26 de agosto, na Avenida Raul Lopes.

O evento reune anunalmente centenas de pessoas na capital e a atração confirmada no evento é o cantor pernambucano Johnny Hooker, cultuado no meio da esquerda e que causou polêmica no Festival de Inverno de Garanhuns 2018.

Em Teresina a festa que acontece em vias públicas tem tambem adeptos e simpatizantes do mundo LGBT e culmina com shows e muita dança.

No show realizado na última sexta-feira (27), Hooker criticou os que tentaram barrar a peça ?O Evangelho segundo Jesus Cristo?, e os chamou de fundamentalistas, dizendo que eles ?não passarão?.

A apresentação foi censurada após embate judicial envolvendo desembargadores, o prefeito de Garanhuns e a Ordem dos Pastores Evangélicos do município.

O cantor puxou um coro com o público, gritando ?Jesus é travesti?, ?Jesus é bicha? e ?Jesus é transexual?, o que gerou indignação em parte do público, que não se conteve e vaiou o artista.

O artista é alvo de uma notícia crime feita pelo advogado Jethro Ferreira, da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas, que pede sua prisão preventiva.

Além do cantor, também estão programadas atrações locais, DJ e shows de drag queens. Toda a programação da parada deve ser divulgada em breve.

Com informações do 180graus

Comentários