Publicidades
DestaqueOeiras

Hospital Regional de Oeiras realiza 400 cirurgias no mutirão de Cataratas nos dias 18 e 19 de dezembro

Hospital Regional Deolindo Couto realizou triagem com 500 pacientes para cirurgias de Cataratas, na segunda-feira, 09. As cirurgias tiveram início na manhã desta quarta-feira, 18 e terão continuidade nesta quinta-feira, 19. Do total de 500 pacientes que passaram pela triagem, 400 foram submetidos passar pelas cirurgias, sendo atendidos um total de 200 pacientes nesta quarta-feira, 18 e mais 200 nesta quinta-feira, 19.

Hospital Regional de Oeiras realiza 400 cirurgias no mutirão de Cataratas nos dias 18 e 19 de dezembro 2
Foto: Rogério Silva

As cirurgias estão sendo realizadas no Hospital Regional Deolindo Couto, localizado no Centro de Oeiras.

“Os pacientes beneficiados são de todo o território Vale do Canindé, composto por 17 municípios. As pessoas que irão serem atendida cada cidade realizou o encaminhamento dos seus pacientes.  Os secretários municipais dessa região colocaram os pacientes que já estavam na fila de espera. Esses pacientes são referenciados de todo o território Vale do Canindé”, afirmou Alípio Sady, diretor do Hospital Regional Deolindo Couto.

De acordo com o diretor do Hospital Regional de Oeiras, Alípio Sady, esse mutirão de cirurgias de cataras tem como objetivo dar uma agilidade no procedimento de pessoas que já estavam na fila de espera há muito tempo em busca desse tipo de atendimento.

“Acreditamos que como aconteceu ano passado e foi um sucesso, avançamos e iremos fazer 400 procedimentos cirúrgicos, ano passado foram apenas 250 e acabamos fazendo 325. Estamos certos que será um sucesso, essa questão que é de grande importante para a população, essas cirurgias de cataras”, Concluiu o diretor do HRDC.

Hospital Regional de Oeiras realiza 400 cirurgias no mutirão de Cataratas nos dias 18 e 19 de dezembro 3
Foto: Rogério Silva

 

Hospital Regional de Oeiras realiza 400 cirurgias no mutirão de Cataratas nos dias 18 e 19 de dezembro 4
Foto: Rogério Silva

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por Romário Britto

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar