I Encontro de Direito em Picos – PI

Uma perspectiva sobre os dilemas da sociedade atual. Lavagem de capital e organização criminosa, reforma trabalhista e violência doméstica.

O evento acontecerá no dia 14 de abril na Quadra do Colégio Santa Rita – PICOS, PI.

 

PALESTRANTES:

Pedro Felipe Oliveira Santos – Juiz Auxiliar do STF no gabinete do Ministro Luiz Lux, graduado e professor da Universidade de Brasília, Pós – graduado em Direito Internacional Haia ( Holanda), Mestre em Direito Constitucional comparado por Harvard, professor titular da Escola Superior do Ministério Público do DF.

AnaMelka Albuquerque Cadena, Delegada Titular da Delegacia da Defesa da Mulher SUL, Titular do Núcleo investigativo de feminicídio, especialista em Direito Penal e Processo Penal.

Rodrigo de Lima Leal – Advogado, professor da graduação e pós graduação do curso de Direito da Faculdade Rsá, pós graduado em Direito Previdenciário, Mestrando em Direito PUC – MG.

José Francisco do Nascimento – Mestre em Políticas Públicas – UFPI, Especialista em Educação na Saúde pelo Sírio Libanes, Atuou com assitente social no CAPSad e no HUT – PI. Atualmente analista judiciário do TJ – PI e o Professor do Instituto de Educação Superior Raimundo Sá.

Lavagem de capitais e organização criminosa:  Desde que foi descoberta, a prática da “lavagem de dinheiro” para a ocultação dos lucros com prática criminosa, os governos começaram a perceber que tais atos, além de nutrir financeiramente o agente criminoso, fortaleciam o crime organizado. As autoridades sentiram a necessidade de tomar uma atitude que visasse combater esse ilícito penal.

Reforma trabalhista: O governo alega que a CLT, dos anos 1940, precisava ser atualizada por não conseguir atender a todos os setores da economia, como o de tecnologia, por exemplo, que passa por constantes transformações. Outro motivo é que foram incorporados vários penduricalhos às leis, que geram interpretações divergentes e estimulam disputas judiciais.

Violência doméstica: A violência doméstica sempre esteve presente na sociedade, fazendo vítimas mulheres das mais diversas classes sociais. Por ser vulnerável, frágil e muitas vezes dependente do agressor, tanto emocionalmente como economicamente, e sem um amparo judicial rigoroso e especifico, por reiteradas vezes calaram-se e aceitaram as agressões.

Comissão de Formatura da Faculdade R.SÁ

A comissão de formatura da Faculdade R.Sá do sétimo período de Direito, tem o prazer de convidar todos vocês a se fazerem presentes no maior evento de Picos – PI.

Organização:

Turma Helano Márcio Alves – 7° período Noite.

 

Credenciamento

1 – Os interessados deverão acessar o site e realizar a sua inscrição online; https:/ /doity.com.br

2 – Só terão as inscrições confirmadas mediante pagamento de taxa;

3 – As inscrições serão feitas em lotes;

4 – Serão limitadas

5 – Terão direito a um Certificado de 20H aulas

Comentários