Publicidades
Geral

Massa de ar quente impedirá chegada de “frio histórico” ao Piauí, explica meteorologista

O estado do Piauí não será atingido pelo frio histórico, fenômeno meteorológico previsto para acontecer pela terceira vez no país. A massa de ar frio vai causar baixas temperaturas nas regiões de Sul ao Norte do Brasil, além de fortes chuvas, granizo e neve nos próximos dias.

De acordo com a gerente de Hidrometeorologia da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado do Piauí (Semar), Sônia Feitosa, o estado piauiense é “protegido” por uma massa de ar seco que impede o efeito de outras massas no estado.

“Quinta ou sexta-feira, a massa polar vai se iniciar e durar aproximadamente uma semana. Ela vem do Sul da Argentina, passa pelas Cordilheiras e chega no Norte do país, mas o Piauí não vai ser atingido. Na região Central do país há uma massa de ar seco que funciona como um bloqueio que impede que outras massas de ar cheguem até aqui”, 
explicou Sônia Feitosa.

No entanto, a especialista destacou que alguns municípios que já possuem temperaturas mais frias no estado podem sentir uma leve queda da temperatura durante a madrugada, como o Sudeste do Piauí.

“As temperaturas podem cair um pouco, mas nada significativo. No Piauí pode ocorrer essa queda onde já há uma temperatura mais baixa. A gente pode até sentir alguns resquícios desse frio durante a madrugada devido à massa polar estar em estados próximos, mas não vai ser nada significativo. A massa polar é intensa, mas a seca também”, 
contou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: G1 Piauí

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar