Publicidades
Polícia

Mulher mata padrasto a golpes de faca e conta detalhes do crime em Teresina

Na madrugada da última sexta-feira, uma mulher identificada como Késsia, matou o padrasto a facadas dentro da sua residência em Teresina. A vítima foi socorrida e chegou a ser levada com vida para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), mais não resistiu e veio a óbito no sábado.

Nesta segunda-feira, 27, a acusada conversou com a equipe de reportagem do Bom Dia Meio Norte e contou detalhes sobre o crime e afirmou não estar arrependida do homicídio.

 “A convivência aqui em casa era briga demais por causa dele, ele não me aceitava aqui dentro, brigava com minha mãe por causa de mim, aí não aguentei, dei duas facadas no pescoço dele, depois chutei a cabeça dele. Eu quis me entregar na delegacia porque não tinha outra solução, os irmãos dele estão na minha cola, atrás de mim para me matar, prefiro me entregar a morrer”, disse ela.

Ela afirmou ainda que estava juntando todos os motivos, e em um determinado momento, não conseguiu mais segurar.

“Não sei o que eu faço porque eu não tenho para onde ir, ele já me bateu uma vez. Ele bebia, já estava juntando as coisas aqui dentro, humilhações, dizia que qualquer hora ia me matar dormindo. Eu não estou arrependida, me sinto aliviada porque as confusões eram só por causa dele. Dei uma facada nele, ele correu veio para cima de mim mas não conseguiu me pegar, ai dei outra facada, ele foi lá para fora e terminei de chutar”, contou.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Meio Norte

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar