Publicidades
SaúdeDestaque

Municípios deverão preparar listas com as pessoas dos grupos de riscos para a vacinação

Os municípios já começam a ser orientados sobre como deve proceder para a vacinação

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Piauí (Cosems) traça estratégias para a vacinação contra a covid-19 nos municípios do interior do Piauí. As doses estão prevista para serem enviadas ao Piauí em 21 de janeiro. Leopoldina Cipriano, vice-presidente do Conselho, em entrevista à TV Cidade Verde, nesta quinta-feira, 24, destaca que a mudança de secretariado devido às eleições municipais é preocupante, mas que solicitou aos novos prefeitos para que não haja grandes alterações na pasta da saúde dos municípios no início do ano.

“Elaboramos um documento juntamente com o COE solicitando aos novos prefeitos para que em janeiro não haja grandes mudanças nas salas de vacina e nem nas vigilâncias sanitárias para que as pessoas que estão trabalhando dentro desses setores estejam se organizando, fazendo o chek list com nomes dos usuários do grupo de risco para que tão logo a vacina seja disponibilizada, nós estejamos iniciando dentro dos municípios, pelo menos com os grupos prioritários, a princípio os profissionais de saúde”, explica Leopoldina Cipriano.

Ela ressalta que as pessoas que, primeiro serão vacinadas, vão constar em uma lista nominal  mapeadas por agentes comunitários de saúde.

“Alinhamos com o Governo do Estado para distribuir seringas e agulhas, com o Governo Federal que também vai disponibilizar seringa e agulha. Então, o município terá que estar com sala de vacina preparada, lista com nomes dos usuários dos grupos prioritários e pessoal qualificado”, acrescenta Leopoldina Cipriano, vice-presidente Leopoldina Cipriano.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Piauí Hoje

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo