Publicidades
Saúde

Oi e Claro podem adquirir vacinas contra a covid-19 para auxiliar na imunização da população

As operadoras telefônicas Claro e Oi poderão estar dentre as empresas que vão adquirir vacinas contra a COVID-19, que foram desenvolvidas pela Universidade de Oxford e a fabricante AstraZeneca.

Algumas outras grandes companhias também estão envolvidas na ação, como Petrobrás, JBS, Ambev, ADN Liga e Whirpool. O objetivo das empresas é importar cerca de 33 milhões de vacinas contra o coronavírus, sendo metade desse número destinado ao SUS e a outra metade aos familiares dos funcionários das respectivas corporações.

A ação ganhou força após as divulgações da imprensa sobre as dificuldades do Governo Federal em comprar os insumos necessários para a produção dos imunizantes.

A quantidade pedida pelas empresas é exatamente o número divulgado pela AstraZeneca com estoque para chegar ao Brasil em fevereiro. Todavia, Eduardo Pazuello, atual Ministro da Saúde, já destacou que a prioridade é o SUS, por atender todas as pessoas. As empresas apenas poderão adquirir quando a demanda do sistema de saúde público for suprida.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Selectra

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar