Publicidades
Polícia

Pai e a filha de 4 anos são mortos com tiros na cabeça no Maranhão

Segundo informações, dois homens armados entraram na residência do pai da menina e atiraram na cabeça das vítimas.

Uma criança de apenas 04 anos de idade veio a óbito após ser atingida por disparos de arma de fogo na cidade de Trizidela, no estado do Maranhão. Segundo informações, dois homens entraram na residência do pai da menina identificada como Rayla dos Santos e atiraram na cabeça das vítimas.

O pai de Rayla dos Santos, também foi atingido, chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu. As vítimas Romário Leite dos Santos, de 23 anos, a filha e Evandro Fernandes Leite, de 35 anos, foram baleados dentro de casa.

Os tiros atingiram as cabeças das vítimas. Rayla não resistiu aos ferimentos e morreu ao ser socorrida.

Uma criança de apenas 04 anos de idade veio a óbito após ser atingida por disparos de arma de fogo na cidade de Trizidela, no estado do Maranhão. Segundo informações, dois homens entraram na residência do pai da menina identificada como Rayla dos Santos e atiraram na cabeça das vítimas.

O pai de Rayla dos Santos, também foi atingido, chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu. As vítimas Romário Leite dos Santos, de 23 anos, a filha e Evandro Fernandes Leite, de 35 anos, foram baleados dentro de casa.

Os tiros atingiram as cabeças das vítimas. Rayla não resistiu aos ferimentos e morreu ao ser socorrida.

Evandro e Romário foram socorridos e levados às pressas para o hospital em estado grave. No início da tarde desta segunda-feira, 18. Romário não resistiu aos ferimentos e morreu.

Evandro segue hospitalizado em estado grave. Ele está com um projétil alojado na região do olho.

Os criminosos fugiram após o crime e, até o momento, não foram localizados. A Polícia Militar afirmou que está realizando diligências em toda a região para tentar prender os assassinos.

Pai e a filha de 4 anos são mortos com tiros na cabeça no Maranhão 2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Blog do Gilberto Lima

.

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar