Publicidades
Entretenimento

Paulynho Paixão vira réu por agressão contra mulher

Na época do acontecido, o cantor chegou a ser preso mas pegou fiança; a Delegacia da Mulher de Bacabal continuou as investigações e foi constatado agressão.

O cantor piauiense conhecido como “Paulynho Paixão” se tornou réu após a Justiça aceitar a denúncia do Ministério Público do Maranhão por agressão contra a atual esposa, Tayanne Costa, em agosto de 2019.

A denúncia foi aceita pela Justiça no dia 21 de janeiro, referente ao caso acorrido em um hotel após o show do cantor na cidade de Bacabal, no estado Maranhão.

Na ocasião, a esposa de Paulynho foi até uma delegacia afirmando ter sido agredia pelo marido, que teria arremessado uma cadeira na altura de cabeça dela, além de relatar ter sido espancada com socos e chutes.

A assessoria do cantor informou que na época houve apenas uma discussão entre o casal e ambos estavam alterados. A esposa de Paulynho Paixão teria se acidentado em um móvel, causando um pequeno corte na cabeça. O cantor chegou a ser preso e enquadrado na Lei Maria da Penha, mas pagou fiança e responde ao processo em liberdade, segundo a assessoria.

No dia seguinte após o acontecido, Tayanne gravou um vídeo em que muda a versão que contou à polícia. A Delegacia da Mulher de Bacabal continuou as investigações e constataram que, de acordo com os exames de corpo de delito, houve agressões. Após a conclusão do inquérito, a Polícia Civil encaminhou o processo à Justiça.

 

 

 

 

 

Fonte: VIAGORA

Comentários
Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar
Fechar