Publicidades
Destaque

Piauí está entre os cinco estados com maior proporção de internos provisórios

Bem vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL PONTO para dar PLAY. CONTROL PONTO E VÍRGULA ou BARRA para avançar. CONTROL VÍRGULA para retroceder. ALT PONTO E VÍRGULA ou BARRA para acelerar a velocidade de leitura. ALT VÍRGULA para desacelerar a velocidade de leitura.Abrir menu de opções do player A

 Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Piauí está entre os cinco estados com maior proporção de internos provisórios 2

O Piauí está entre os cinco estados com a maior proporção de jovens internos provisórios. Em todo o Estado, são 29,01% adolescentes nessa situação. A maior taxa registrada está no Amazonas, com 44,15%, seguido de Ceará (37,68%) e Maranhão (32,49%). O Piauí aparece em 4º, seguido de Tocantis com 26,53%. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (12) pelo Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e das Medidas Socioeducativas do Conselho Nacional de Justiça (DMF/CNJ).

O levantamento inclui apenas os adolescentes que estão internados – ou seja, que cumprem medidas em meio fechado -, e não aqueles que cumprem outras medidas, como a semiliberdade e a liberdade assistida. Os juízes da Infância e Juventude definem a punição de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A internação é a opção mais rigorosa, não podendo exceder três anos – sua manutenção deve ser reavaliada pelo juiz a cada seis meses.

No geral, segundo o levantamento, o Piauí possui 162 adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas de internação. Destes, 47 são internos provisórios.  A taxa de adolescentes internados por 100 mil habitantes no Estado chega a 3.3. Ainda de acordo com o levantamento, o Piauí possui apenas 3 meninas internadas.

Piauí está entre os cinco estados com maior proporção de internos provisórios 3

Outros estados

Em todo o país, são mais de 22 mil jovens internados nas 461 unidades socioeducativas em funcionamento no Brasil. São Paulo é o Estado com o maior número de menores internados, mais de 6 mil, seguido pelo Rio de Janeiro. No entanto, o estado do Acre é o que chama mais atenção: apesar de ter apenas 545 menores internados, estes correspondem a 62,7 de cada 100 mil habitantes no Estado. Outra unidade que chama a atenção é o Distrito Federal, que fica em segundo lugar, a frente de Estados bem mais populosos e considerados mais violentos, como São Paulo e Rio de Janeiro.

 

Fonte:Cidade verde

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo