Esportes

Tite diz que Neymar errou e não confirma capitão da seleção

Tema de discussão após o ato de indisciplina de Neymar na final da Copa da França, o posto de capitão da seleção brasileira parece não estar garantido para o camisa 10. O técnico Tite não confirmou o astro como dono da braçadeira na Copa América ao se esquivar de responder uma pergunta sobre o tema em entrevista coletiva nesta sexta-feira, logo após a divulgação da lista final para o torneio.  As informações são do Globo Esporte

“Entendo a pergunta. Mas vou falar com Neymar antes. Não por telefone, conversar pessoalmente. Não vou falar disso por enquanto, porque vou falar com o Neymar antes de falar com vocês”, disse Tite.

O comandante da Seleção ouviu diversas perguntas sobre o grande astro do time, que foi alvo de críticas depois de agredir um torcedor que o provocou nas arquibancadas do Stade de France, depois de o PSG ser derrotado pelo Rennes na final da Copa da França. Sem se alongar sobre o tema, Tite disse que pretende conversar com o camisa 10, assim como vai fazer com Lucas Paquetá.

Neymar errou. Por educação, a conversa que eu enquanto técnico e pessoa vou ter com ele, por questão de princípios. Primeiro eu converso com ele. Assim como conversei com o Douglas Costa e vou conversar com o Paquetá. Por questão de conduta e educação – disse, também mencionando os atos de indisciplina dos outros jogadores (o jogador do Milan também foi suspenso por dar um tapa no braço de um árbitro).

Veja a lista final para a Copa América:

Goleiros: Alisson (Liverpool), Cássio (Corinthians) e Ederson (Manchester City);

Defensores: Alex Sandro (Juventus), Dani Alves (PSG), Éder Militão (Porto), Fagner (Corinthians), Filipe Luís (Atlético de Madrid), Marquinhos (PSG), Miranda (Inter de Milão) e Thiago Silva (PSG);

Meio-campistas: Allan (Napoli), Arthur (Grêmio), Casemiro (Real Madrid), Fernandinho (Manchester City), Lucas Paquetá (Milan), Philippe Coutinho (Barcelona);

Atacantes: David Neres (Ajax), Everton (Grêmio), Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar (PSG) e Richarlison (Everton).

 

Fonte: Globo Esporte

Comentários
Mostrar mais

Artigos relacionados

Fechar