Publicidades
Mundo

Trump, em teleconferência, pressionou oficial da Geórgia a “encontrar” votos para anular a eleição

O presidente alertou vagamente sobre um “crime” ao pressionar o secretário de Estado Brad Raffensperger na ligação, de acordo com uma gravação de áudio.

O presidente Trump pressionou o secretário de Estado republicano da Geórgia para “encontrar” votos suficientes para derrubar a eleição presidencial e o ameaçou vagamente com “um crime” durante uma ligação telefônica de uma hora no sábado, de acordo com uma gravação de áudio da conversa.

Trump, que passou quase nove semanas fazendo falsas alegações de conspiração sobre sua derrota para o presidente eleito Joseph R. Biden Jr., disse a Brad Raffensperger , principal autoridade eleitoral do estado, que ele deveria recalcular a contagem de votos para que Trump, não o Sr. Biden, acabaria ganhando os 16 votos eleitorais do estado.

“Eu só quero encontrar 11.780 votos, o que é mais um do que temos”, disse Trump durante a conversa, de acordo com uma gravação obtida pela primeira vez pelo The Washington Post , que a publicou online no domingo. O New York Times também adquiriu uma gravação da ligação de Trump.

O presidente, que ficará encarregado do Departamento de Justiça pelos 17 dias restantes em sua administração, deu a entender que Raffensperger e Ryan Germany, o advogado-chefe do gabinete do secretário de Estado, poderiam ser processados ​​criminalmente se não cumprissem suas ordens .

Fonte: The New York Times

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo