Uespi vai integrar projeto nacional em Fisioterapia

52

A Universidade Federal do Piauí (Uespi) vai integrar um projeto nacional que visa qualificar 20 mil profissionais de Fisioterapia e Terapia Ocupacional em todo o Brasil. O projeto tem à frente a Fundação Osvaldo Criz (Fiocruz) e a participação direta do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional. No Piauí, a parceria será com a Uespi.

Uma primeira reunião para viabilizar o projeto já aconteceu na semana passada, com a participação de representantes da Uespi, Fiocruz e do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito). A Fisioterapia e a Terapia Ocupacional são vistas como profissionais de grandes perspectivas no mercado de trabalho, com demandas crescentes.

A Uespi já conta com um Curso de Fisioterapia de referência na região e pretende agora dar um passo a mais, sobretudo com cursos de pós-graduação. “Temos a perspectiva de oferecer não apenas cursos de pós-graduação, mas também cursos de extensão, de forma a inserir a Uespi, o Crefito e a Fiocruz nas políticas de saúde pública do estado”, afirmou o reitor Nouga Cardoso.

A aproximação da Uespi com a Fiocruz tem o empenho particular do presidente do Crefito, Marcelino Martins, que também faz parte do corpo docente da Universidade Estadual. Foi ele que trouxe a Teresina o representante da Fiocruz, José Nogueira, que esteve na reunião da semana passada.

Para Marcelino, o projeto de capacitação de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais, agora envolvendo a Uespi, vai beneficiar não só os profissionais, mas a sociedade como um todo.“Vamos dar à sociedade um atendimento de melhor qualidade”, diz ele. Marcelino também vislumbra a perspectiva, em um médio prazo, de criação de mestrado e doutorado na área.

Na perspectiva da Fiocruz, a relação com a Uespi vai além da qualificação de pessoal: o projeto amplia a possibilidade de desenvolvimento de novas e inovadoras pesquisas na área. “Agora, vamos avançar no diálogo junto ao Conselho Regional e à Uespi para que essa proposta possa se concretizar ainda este ano”, disse José Nogueira.

 

Fonte: Cidade Verde

Comentários