Publicidades
Polícia

Universitária grávida é morta e tem corpo queimado pelo namorado no Ceará

A estudante de fisioterapia Maria Efigênia Soares, de 28 anos, foi assassinada e teve o corpo carbonizado pelo namorado Wando Cordeiro Vasconcelos, de 35 anos, em Chorozinho, no interior do Ceará.

O suspeito foi preso pela Polícia Civil e indicou o local onde o corpo da vítima foi abandonado. Segundo a família da vítima, Wando não aceitava a gestação da mulher.

A mãe de Efigênia, Jaqueline Santana, afirma que a filha saiu de casa na noite de quarta-feira, 13, no bairro José Walter, em Fortaleza, informando que iria a um supermercado e não retornou.  A família da universitária não sabia do relacionamento da universitária com o suspeito.

A família de Efigênia registrou um Boletim de Ocorrência e a Divisão Anti-Sequestro do Ceará (DAS) e acompanhou o caso após o desaparecimento. Na noite desta quinta, o delegado da especializada entrou em contato com a família e informou que Efigênia foi encontrada morta.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Diário do Nordeste

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar