Publicidades
Politica

W. Dias oficializa compra direta de Coronavac e receberá 500 mil doses

Governadores de diferentes regiões oficializam compra direta de Coronavac e recebem primeiros lotes de vacinas.

Presidente do Consórcio Nordeste, o governador Wellington Dias participou de reunião em São Paulo, 22, para oficialização da compra direta de doses da Coronavac entre cinco estados brasileiros e o Instituto Butantan.  Na ocasião foi anunciada a entrega de 2,5 milhões de doses para os estados do Pará, Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso e Piauí.

A compra não envolveu o Ministério da Saúde. Com essa aquisição, o Piauí deve receber 500 mil doses da vacina, com entrega imediata de 200 mil.

Segundo o governador Wellington Dias, foi um plano que vem sendo elaborado há muito tempo com a finalidade de garantir um aumento dessa remessa, que é abaixo da proporção, para ampliação da vacinação.

PNI tem defasagens com vários estados

“Independente de partidos e das disputas políticas, buscamos nos integrar num único objetivo que é de salvar vidas, o pacto pela vida. Escolhemos corajosamente seguir a ciência”, disse o governador Wellington Dias.

Segundo Wellington Dias, outros estados também darão esse passo. “O Plano Nacional de Imunização tem uma defasagem com vários estados, nós ainda temos muita gente que precisa tomar a primeira dose, outros que precisam tomar a segunda ou reforço. Fizemos várias tentativas de suprir essa falha e encontramos várias barreiras, por isso hoje é um dia histórico”, explicou.

“A razão que traz governadores de diferentes regiões do Brasil a São Paulo, é a mais nobre: é celebrar a compra da vacina Coronavac produzida pelo Instituto Butantan para salvar vidas e proteger a saúde das suas populações”, destacou o governador de São Paulo, João Dória.

Estados podem efetuar compra de vacina

Na reunião, o governador do Ceará, Camilo Santana, agradeceu a todos que fazem o Instituto Butantan. “Hoje estamos aqui consolidando esse processo de compra direta e vamos receber 300 mil doses que irão fortalecer o programa de imunização no estado do Ceará”, disse.

O contrato de 100 milhões de doses do Butantan ao Governo Federal foi finalizado no dia 15 de setembro. A partir de agora os estados podem efetuar a compra de vacinas diretamente com o Instituto Butantan.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Meio Norte

Comentários
PUBLICIDADE

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo