Publicidades
Politica

Wellington Dias anuncia corte de pontos de professores em greve no Piauí

O governador Wellington Dias declarou, nesta quinta-feira, 20, durante assinatura de decreto que concede ticket-alimentação a servidores, que iniciará o corte de pontos dos professores da rede estadual. A categoria está em greve desde o último dia 10 e pede reajuste salarial para servidores ativos e aposentados. Segundo o governador, em anos anteriores de greve a rede estadual de ensino chegou a perder 70 mil alunos e, neste ano, o governo não quer que a situação se repita.

“Eu agradeço aos que estão trabalhando e a orientação é conforme decisão do Supremo Tribunal Federal, vamos cortar o ponto. Perdemos 70 mil alunos em greves anteriores. Chega de problemas de perder alunos, chega de prejuízo a estudantes. Estamos fazendo esforços com dinheiro do povo e quero resultados, que é aula e educação de qualidade”, 
afirmou o governador.

Questionado sobre a reivindicação dos professores, o governador afirmou que já está pagando piso superior ao estabelecido na lei do piso nacional do magistério. Além disso, afirmou que o reajuste concedido abrange os pensionistas.

“Estamos pagando o reajuste, implementando 4,17% na folha de pagamento que vai repercutir sim para aposentados e pensionistas”,
 afirmou.

Concurso para professores

Além disso, o governador disse que há a possibilidade de realização de concurso para professores, com edital a ser lançado ainda em 2020, “desde que isso não prejudique o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal”.

“O estado já paga mais que o piso, o estado já paga R$ 2.886. Há ainda a ideia de um concurso e ao anunciar o concurso, o salario inicial será de R$ 3.750, para ter uma noção. Se a greve é pelo piso, estamos pagando mais”,
 disse.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: GP1

 

Comentários

Artigos relacionados

Fechar