Publicidades
Manchete

Calorão em Oeiras: especialista explica a “quintura” do B-R-O- Bró

No Piauí, os meses de setembro, outubro, novembro e dezembro são marcados pelo aumento da temperatura e intensificação do calor, este período é popularmente chamado de B-R-O- Bró. Em Oeiras não foi diferente, durante este mês de setembro os oeirenses têm sentido as altas temperaturas no município.

O professor de climatologia, Werton Costa explica que os meses de setembro, outubro e novembro marcam o ponto alto da curva ascendente do calor que é quando as temperaturas se tornam mais elevadas em função de um fenômeno astronômico.

Professor de Climatologia – Werton Costa ( Arquivo Pessoal)

 

“No B-R-O- Bró há maior quantidade de iluminação solar por conta do início do equinócio de primavera, também nesse período todos os sistemas que transportam umidade do Oceano Atlântico para o interior do nordeste e que formam nuvens estão distanciados, assim, temos um céu limpo, uma quantidade extraordinária de luz, muito calor e baixa umidade”.

Werton ainda acrescenta que ano de 2021 está sendo atípico no Piauí em relação ao monitoramento das variáveis atmosféricas., isso porque o período chuvoso foi irregular nos volumes de precipitação e também na distribuição de chuvas com maior concentração em algumas áreas. “Nós ainda tivemos um ingrediente a mais, a estação teve um encerramento antecipado, com isso, as taxas de evaporação do solo e se aceleram tornando o ar mais seco e a temperatura mais elevada antes do previsto”, explica.

Apesar de todo calorão, existem previsões positivas para os piauienses. Segundo os principais meteorologistas do Brasil e o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), existem previsões para a segunda quinzena de outubro com as chuvas de pré estação, as famosas pancadas de chuva e que em novembro haja um cenário de normalidade pluviométrica com chuvas mais volumosas.

Por Sheron Weide

 

Comentários
PUBLICIDADE

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo