Diabetes: cuidados e sugestões saborosas para ajudar na alimentação

11

O Brasil é o quarto país do mundo em número de diabéticos. Segundo levantamento da Sociedade Brasileira do Diabetes (SBD), a doença aflige pelo menos 12,5 milhões de pessoas em todo o território nacional. A obesidade está diretamente relacionada com o tipo 2, adquirido ao longo da vida, que representa 90% dos casos. Por isso, a preocupação com a alimentação é essencial.

Quando se fala em dieta para pessoas com diabetes, imagina-se algo bem restritivo. Mas é exatamente ao contrário: o cardápio é variado, especialmente com opções naturais, que ajudem a estabilizar o nível glicêmico do sangue

Confira algumas dicas importantes:

O café da manhã é essencial para todos, inclusive os diabéticos. A refeição ajuda a evitar ganho de peso, pois regula a sensação de saciedade durante o dia. Além disso, é indicado fazer refeições fracionadas. Com isso, a pessoa mantém equilibrado o nível de açúcar no sangue e evita o consumo de quantidades exageradas de alimento.

Frutas

A banana está liberada, já que é rica em fibras e minerais, como potássio e magnésio. Ela precisa ser ingerida, no entanto, dentro de uma dieta equilibrada. As frutas, de um modo geral, são essenciais, especialmente as que têm bagaço, ricas em fibras. Devem ser consumidas ao natural, e não em suco, pois é no preparo que as fibras são deixadas de lado.

Carne

A carne vermelha é muito importante, por causa da grande quantidade de proteínas, ferro e vitamina B12. Deve-se optar pelos cortes magros. Entre as carnes brancas, o peixe é o mais indicado, especialmente o salmão e a sardinha, fontes de Ômega 3.

Cuidado com o diet

Por fim, os produtos diet não estão totalmente liberados. Eles também possuem carboidratos, que elevam o nível glicêmico do sangue. Devem ser consumidos sob orientação de um especialista

Estão liberados: legumes e verduras, grãos integrais, batata doce, leguminosas, canela e a chamada gordura saudável, como abacate, nozes, amêndoas, castanhas, óleo de coco e azeite de oliva – calóricos, devem ser consumidos com moderação.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Comentários