Publicidades
Geral

Empresária piauiense é assassinada ao reagir a assalto no Mato Grosso

Zelina, como era mais conhecida, era natural da cidade de Batalha, região Norte do Piauí.

Uma comerciante piauiense de 34 anos, identificada como Maria Deuselina Freire Carvalho, morreu no início da madrugada de terça-feira, 23, após tentar reagir a um assalto e ser atingida por dois tiros. O caso aconteceu por volta de 0h, em uma espetaria no centro de São José do Rio Claro (290 km de Cuiabá).

Zelina, como era mais conhecida, era natural da cidade de Batalha, região Norte do Piauí.

Segundo o relato das testemunhas, um adolescente de 17 anos e um homem de 55, dois homens chegaram em uma motocicleta e pararam em frente à espetaria.

A vítima, que estava sentada próximo à rua, achou que eram clientes, se levantou e foi para o caixa para atendê-los. Nesse momento, as testemunhas ouviram os dois disparos e viram o suspeito correndo e dando um tiro na direção de um segurança que estava próximo.

Os suspeitos ficaram o tempo todo de capacete na cabeça, mas as testemunhas conseguiram descrever o piloto da motocicleta como um rapaz baixo, magro e moreno.

A Polícia Militar foi acionada e, quando chegou ao local, a vítima já estava recebendo os primeiros-socorros e sendo encaminhado para o Hospital Municipal por uma ambulância. Ela, porém, já chegou ao hospital sem vida.

Câmeras flagraram reação

Os policiais, então, resolveram verificar as câmeras de segurança do local e viram que quando os suspeitos chegaram, a vítima foi até o balcão de atendimento e, ao ser surpreendida com o roubo, reagiu apontando uma arma para os ladrões. Ao verem a arma, eles atiraram à queima-roupa na mulher e fugiram pela contramão da rua. Nas imagens os policiais conseguiram ver que o criminoso que atirou era alto, magro e de pele branca.

A Polícia Judiciária Civil foi acionada e juntos os policiais fizeram rondas em busca do suspeitos, mas eles não foram encontrados. A arma utilizada pela vítima foi recolhida e ficou sob a guarda da Polícia Civil. O caso foi registrado como roubo seguido de morte.

A Polícia Militar foi acionada e, quando chegou ao local, a vítima já estava recebendo os primeiros-socorros e sendo encaminhado para o Hospital Municipal por uma ambulância. Ela, porém, já chegou ao hospital sem vida.

Câmeras flagraram reação

Os policiais, então, resolveram verificar as câmeras de segurança do local e viram que quando os suspeitos chegaram, a vítima foi até o balcão de atendimento e, ao ser surpreendida com o roubo, reagiu apontando uma arma para os ladrões. Ao verem a arma, eles atiraram à queima-roupa na mulher e fugiram pela contramão da rua. Nas imagens os policiais conseguiram ver que o criminoso que atirou era alto, magro e de pele branca.

Empresária piauiense é assassinada ao reagir a assalto no Mato Grosso 2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: O Livre

 

 

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar