Publicidades
Polícia

Homem que engravidou menina em Teresina tem 25 anos e a proibiu de ir à escola

O jovem apontado como abusador de uma menina de 12 anos em Teresina tem 25 anos teria engravidado a garota, que está no sétimo mês de gestação. Os dois moram juntos desde o início da gravidez e ele a impedia de ir para a escola no começo do ano. Com a pandemia, ela não não assistiu as aulas remotas.

Durante período, o homem também teria quebrado um celular da adolescente e praticado várias agressões contra ela.

O caso está sob investigação e o homem ainda não foi preso. A menina está na casa de uma parente e não demonstra interesse em abortar.

Sobre o caso
Uma menina de 12 anos está grávida de sete meses, conforme constatou o Conselho Tutelar da Zona Leste de Teresina. Além dos abusos ela sofria agressões físicas.

Segundo matéria da TV Cidade Verde, a menina vivia maritalmente com o abusador, o que caracteriza estupro de vulnerável, por se tratar de uma menor de 14 anos, mesmo que haja consentimento.

Segundo o conselheiro tutelar Ivan Castro, a família da garota sabia do caso e apoiava o relacionamento.

O conselheiro lamentou o ocorrido e a omissão dos profissionais de saúde que não comunicaram a gravidez da criança ao Conselho Tutelar.

“Desrespeitaram o ECA, deviam dar ciência ao Conselho Tutelar, se há sete meses atrás, se tivéssemos tomado conhecimento, a situação seria outra, hoje infelizmente não tem mais como fazer aborto, com sete meses de gravidez”, disse o Ivan Castro.

A menina foi afastada do lar e o caso é investigado.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: 180 Graus

Comentários

Artigos relacionados

Fechar
Fechar