Pacientes de Oeiras sofrem com problema de transporte para seções de hemodiálise pelo SUS

816
Imagem reprodução TV Globo

Pacientes com doenças crônicas tem dificuldades com transportes para o tratamento fora de domicílio, as buscas por tratamentos iniciam ainda de madrugada, três vezes por semanas os pacientes se deslocam de Oeiras Piauí para a cidade de Picos há 88 km de distância, para fazerem hemodiálise.

O pagamento dos transportes é custeado pelo Governo do estado através do programam do Sistema Único de Saúde o TFD (Tratamento Fora do domicílio) há quatro meses o pagamento dos motoristas está atrasado. Os motoristas relatam que não tem mais condições de manter os transportes para estes pacientes. Além do pagamento dos transportes os pacientes estão sem receber as ajudas de custo para auxiliar na alimentação durante as viagens.

Imagem reprodução TV Globo

Os pacientes dizem que estão bastante prejudicados. “Está se tornando impossível manter o tratamento sem poder pagar alimentação e o transporte já que o estado não está cumprindo com o pagamento dos motoristas.” Relataram os pacientes durante entrevista.

A associação dos Pacientes Renais do Piauí afirma que cerca de mil pessoas fazem o tratamento fora de domicílio, muitos estão faltando às seções por falta dos repasses do programa. O médico nefrologista, Thiago Santos, explica que a falta de uma seção de tratamento pode levar o paciente ao risco de morte, como, por exemplo, doenças cardiovasculares ou uma arritmia cardíaca fulminante podendo levar a morte, esclarece o médico.

Assista a reportagem Completa: CLIQUE AQUI 

https://globoplay.globo.com/v/7160232/

Fonte: Bom dia Brasil “Rede Globo”

Comentários