GeralManchete

Servidores públicos municipais de Santa Rosa paralisarão atividades em reivindicação por reajuste salarial

Em entrevista ao Portal Integração na manhã desta terça-feira (14), o Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais da cidade de Santa Rosa do Piauí, Marquilá Pereira de Aquino, falou a respeito da paralisação das atividades dos profissionais em virtude das reivindicações pelo reajuste salarial.

No município de Santa Rosa do Piauí existem dois planos de carreira que é o plano de carreira do Magistério que cobre só os professores e o plano de carreira dos servidores públicos, civis e municipais que cobre as categorias de motorista, auxiliar de serviços gerais, auxiliar administrativo, zelador, vigia e gari.
Segundo o Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais da cidade de Santa Rosa do Piauí os professores receberam o reajuste até esse ano de 2019.

“A questão é que, quando o prefeito atual assumiu, no primeiro ano ele mandou registrar todo mundo que tem plano de carreira, que foi no ano de 2017. Em 2018 ele já fez uma coisa totalmente errada, que foi o seguinte, ele só reajustou quem trabalha pra educação, professores e demais concursados da educação. No ano de 2019 piorou, na educação, somente professores receberam o reajuste, do jeito que tá indo no próximo ano vai ser ninguém, porque cada ano corta categorias”, relatou Marquilá.
Outra questão relatada pelo presidente é que os funcionários das secretarias de administração, saúde, assistência social, agricultura e juventude está há dois anos sem reajuste, correspondente aos anos de 2018 e 2019.

Considero isso uma coisa absurda, porque o reajuste que é dado já é um reajuste pífio, muito baixo, e você passar dois anos sem conceder o reajuste e tendo o agravante que desde que foi criado o plano de carreira desses servidores, no ano de 2011, nenhum servidor nunca tinha ficado sem receber o reajuste, disse o presidente da SINSERMSR.

Marquilá afirma costumar dizer para o prefeito Veríssimo Siqueira (PT) que, “Nunca na história de Santa Rosa do Piauí a gente ficou um ano sem reajuste, e uma boa parte dos funcionários já estão a dois”.
Em conversas entre o presidente e o prefeito, acompanhado da comissão de funcionários, protocolaram documentos e ofícios com teor jurídico explicando o que as leis dizem em relação aos reajustes, que é um direito de todos os servidores concursados que tem um plano de carreira.

“Afinal de contas, pra que ter um plano de carreira pra não receber os direitos desse plano”? Não faz sentido, plano de carreira é pra isso, é para valorizar os funcionários, é garantir a valorização das categorias, inclusive a valorização financeira, finalizou.

Segue abaixo a programação da paralisação em Santa Rosa do Piauí:
Quinta-feira 16/05 – Concentração em frente à sede do sindicato às 06h; às 12h30min motocada nas principais ruas do município.
A mobilização será feita através de projeto com cartazes e carro de som em frente à sede da prefeitura, secretaria de educação, câmara municipal, dentre outros.

 

Por Romário Britto

Comentários
Mostrar mais

Artigos relacionados

Fechar