Publicidades
EntretenimentoGeral

DJ Ivis tem segundo pedido de habeas corpus negado pelo STJ

DJ Ivis está preso desde a última quarta-feira (14/7) pelas agressões contra sua ex-mulher, Pamella Holanda.

Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, vai permanecer preso por tempo indeterminado. O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, negou um segundo pedido de habeas corpus ao produtor musical. A decisão é da última sexta-feira (16/7), mas foi publicada no Diário Oficial na segunda-feira (19/7). Desta vez, não foi a defesa do músico que pediu sua liberdade, e sim um perito judicial.

DJ Ivis está preso desde a última quarta-feira (14/7) pelas agressões contra sua ex-mulher, Pamella Holanda. A decisão do STJ informa que o habeas corpus não dispõe de documentos que mostrem a real situação do processo criminal que tramita na Justiça do Ceará e que analisar o pedido agora poderia provocar tumulto no processo, além de prejudicar a própria defesa dos advogados do produtor musical.

 

O perito judicial que entrou com o habeas corpus argumentou que DJ Ivis é réu primário, famoso, possui bons antecedentes, não iria atentar contra a vítima no curso do processo e só deveria ter sido preso em caso de descumprimento da medida protetiva. No entanto, o Ministro Humberto Martins arquivou o pedido, pois entendeu que o STJ não é competente para apreciá-lo antes do tribunal de origem.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Meio Norte

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo