Publicidades
Politica

Ministro Gilmar Mendes (STF) arquiva inquérito contra senador piauiense Ciro Nogueira

A decisão foi proferida pelo ministro Gilmar Mendes, da 2ª Turma do STF. O ministro acatou pedido da PGR, que apontou duplicidade no inquérito.

O ministro Gilmar Mendes, da segunda turma do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o arquivamento de inquérito que apurava supostos pagamentos de vantagens indevidas ao senador piauiense e presidente nacional do Progressistas, Ciro Nogueira, com base em delação da J&F.

Mendes atendeu a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), que apontou haver duplicidade nos fatos investigados, já que um outro inquérito, sob relatoria da ministra Rosa Weber, já apura pagamentos que teriam sido realizados em 2014, em contrapartida à atuação do senador em um suposto esquema de compra de apoio político em favor da reeleição de Dilma Rousseff.

“Destaque-se que a jurisprudência desta Corte é no sentido de que a manifestação do Ministério Público Federal pelo arquivamento do inquérito, em caso da duplicidade de procedimentos investigatórios, deve ser acolhida”, pontuou o ministro Gilmar Mendes na decisão.

 

LEIA TAMBÉM:

Senador piauiense, Ciro Nogueira, continua abastecendo jatinho com cota parlamentar

PGR denuncia Ciro Nogueira ao Supremo por supostos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro

PGR critica não repasse de áudio sobre suposta propina de R$ 500 mil a Ciro Nogueira

 

 

 

 

 

 

Fonte: VIAGORA

Comentários
Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar
Fechar